Embora ela tenha mais de vinte livros publicados em mais de dez idiomas, Caroline não se considera uma autora tanto quanto uma manipuladora de palavras.

Para ela, sentar-se para escrever um novo livro é como começar uma condução de gado à moda antiga. Só que em vez de mover cem cabeças do gado pelos campos, sua tarefa é guiar vinte e seis letras, desde a faísca de uma ideia da história até seu destino final.‘O fim’. Ao longo da jornada o enredo muitas vezes desvia-se do caminho e precisa ser trazido de volta no laço, personagens vagueam perdidos e precisam ser laçados de volta para se juntar aos outros, e alguns dias passados na frente da tela do computador pode ser tão difícil como quatorze horas seguidas em uma sela.

Há dias de escrita em que a poeira é espessa e o sol é quente, e fé e esperança são as únicas coisas que impulsionam a história para a frente. Mas depois há momentos em que as palavras fluem sem esforço, e a experiência é como estar sentado em volta de uma fogueira rugindo numa noite em que a brisa é fresca e o céu está repleto de estrelas.

Finalmente, muitas vezes, assim como a exaustão está prestes a se instalar, o fim da trilha vem à vista, as páginas são cercadas, uma contagem final de palavras é feita, e a história é entregue aos leitores antes que seja hora de pegar a trilha novamente.

  • blog

Londres - 1940 
Enquanto as bombas alemãs caem sobre a cidade de Londres, Emma Bradley arruma apressadamente uma mala, embala o filho recém-nascido nos braços e embarca em um trem com duas crianças refugiadas que concordou acompanhar em troca de um emprego no sul da  Inglaterra. Embora ela seja apenas uma das milhares que deixam a cidade, Emma está fugindo de mais do que os horrores da guerra. Seu maior medo é que o pai de seu filho a encontre e se vingue pelo que roubou dele.

O renomado pianista holandês Andrej Van der Hoosen é um homem que preza sua privacidade acima de tudo. Sua riqueza e privilégio lhe deram o luxo de evitar estar perto de crianças por causa de uma dolorosa perda em seu próprio passado. Então, quando ele conhece a mulher e as crianças com quem vai morar durante a guerra, fica instantaneamente em guarda. As crianças são barulhentas e cheias de vida, a casa de campo em que foi designada para viverem é pequena, e ele acaba intrigado com o segredo que Emma está claramente tentando esconder.

Apesar da relutância em confiar um no outro, Emma e Andrej logo se vêem unidos em um mundo dilacerado pela guerra.

Fique atento às novidades
Inscreva-se/subscribe now
  • logofbA
  • logotwA
  • logoinstA
  • logoytA
  • logopintA

Nossas Redes Sociais

  © Todos os direitos reservados